Como Licenciar o Windows Server?

Como licenciar o Windows Server

Resolvi escrever este post Como Licenciar o Windows Server, pois muitos clientes não conseguem entender o porquê eles possuem apenas um servidor físico e na hora de comprar uma licença, acabam comprando 8 ou mais quantidades referentes ao partnumber do Windows server.

Pouca gente sabe, mas no Windows Server 2012 a Microsoft licenciava até 2 processadores (soquetes) na compra de sua licença. E isso atendia a grande maioria das empresas, visto que essas empresas em 90% dos casos adquiriam servidores com no máximo 2 processadores. Ou seja, isso não era um problema muito relevante.

Mas a partir da versão do Windows Server 2016, a Microsoft resolveu alterar a forma de licenciamento para licenciamento por núcleos ou, como também são conhecidos, por core.

Com isso, a partir da versão Windows Server 2016, para você comprar o Windows Server, será necessário considerar a quantidade de cores do servidor físico (somando todos os soquetes instalados). E esse cálculo serve tanto para as versões Standard, quanto para a versão DATACENTER.  Ou seja, o Windows Server agora é comercializado em pacotes que são conhecidos como SKU´s, e cada uma dessas SKU´s dá direito a licenciar 2 núcleos.  Mas, independente da quantidade de núcleos, se faz necessário adquirir uma quantidade mínima de 8 SKU´s para cada servidor físico, sendo assim, até 16 cores, você precisa obrigatoriamente comprar essa quantidade.

Agora para servidores com mais de 16 núcleos de processador, será necessário comprar SKU´s adicionais. Vejam alguns exemplos abaixo:

1 servidor com 2 processadores de 4 núcleos = 8 SKU´s

1 servidor com 1 processador e 12 núcleos = 8 SKU´s

1 Servidor com 2 processadores de 10 núcleos = 10 SKU´s

Espero que esse post possa ajudar a sanar as principais dúvidas  de como licenciar o Windows Server.

Se mesmo assim, persistirem as dúvidas. Seguem abaixo alguns links que poderão ajudá-los:

https://docs.microsoft.com/pt-br/windows-server/get-started-19/get-started-19

https://www.microsoft.com/pt-br/cloud-platform/windows-server-pricing

https://www.microsoft.com/pt-br/cloud-platform/windows-server-comparison

Autor: Wladimir Mendes, Sócio Diretor da Liganet Tecnologia.

Como configurar ISCSI no Windows?

Como configurar ISCSI no Windows

Você já pensou em como configurar ISCSI no Windows 2003 e 2008 e sofreu?

Segue abaixo procedimento padrão para a instalação e configuração do iSCSI Initiator no Windows Server 2003 e 2008.

Obs: Servidores Microsoft Windows Server 2008 já tem o recurso de iSCSI Initiator instalado por padrão, portanto se esse for o seu caso, prossiga com a configurações a partir do passo 6.

Passo a passo

  1. Baixe a versão do iSCSI Initiator do site oficial da Microsoft clicando  Aqui.

Após baixar o arquivo do site da Microsoft, clique duas vezes no mesmo para executar. Na tela abaixo clique no botão  <Run>.

  1. Na tela de instalação do Microsoft iSCSI Initiator clique em: <Next>
  1. Na tela abaixo selecione as opções: Initiator Service, Software Initiator e Microsoft MPIO Multipathing Support for ISCSI e clique em: <Next>
  1. Na tela de License Agreement selecione a opção: I Agree e clique em: <Next>
  1. Na tela de Completing the Microsoft iSCSI Initiator Installation Wizard clique em: <Finish>
  1. Após a instalação do iSCSI Initiator podemos fazer a conexão com o servidor de iSCSI, clique em: Start, Control Panel e selecione: iSCSI Initiator, conforme tela abaixo:
  1. Altere o conteúdo exibido em “Initiator Node Name:” através do botão <Change> incluindo 16 caracteres no final, ao seu gostocomo por exemplo: “iqn.1991-05.com.microsoft:xxxdnn0001.3kchtkuvmp3otfkr”. Este campo possui o IQN (iSCSI Qualified name) que identifica o host para o storage e permite a conexão.

Antes da alteração:

Depois da alteração:

  1. Depois da alteração acima, na tela de iSCSI Initiator Properties clique na aba: Discovery e clique em: <Add>
  1. Na tela de Add Target Portal digite o IP ou Hostname do servidor de iSCSI Target que será utilizado no seu ambiente. Nesse exemplo usaremos: 192.168.0.20 e mantenha a porta padrão: 3260 e clique em: <OK>
  1. Após a adição do Target Portal podemos ver o nosso servidor de iSCSI configurado como padrão.
  1. Clique na aba “Targets” onde veremos o Targets Name criado no servidor, selecione o mesmo e clique em: <Log On>.
  1. Na tela de Log On to Target selecione a opção: Automatically restore this connection when the system boots e clique em: <OK>
  1. Após se conectar no iSCSI Target você poderá ver o status da conexão como: Connected.
  1. Na aba “Persistent Targets” você verá o disco: disk0 inicializado. Selecione o mesmo e clique em: <Details>
  1. Na tela de Persistent Target Details você verá os detalhes da conexão.
  1. Após a conexão feita com o servidor de iSCSI Target, você já poderá fazer a configuração do hard disk. Para isso, clique em: Start clique com botão direito em cima de: My Computer um menu de opções será mostrado, selecione: Manage.

 

  1. Na tela de Computer Management selecione: Disk Management.
  1. Quando clicar na opção: Disk Management automaticamente a opção de Initialize Disk Wizard será apresentada, na tela de: Welcome to the Initialize and Convert Disk Wizard e clique em: <Next>
  1. Na tela de Select Disks to Initialize selecione o disco, que no nosso exemplo é Disk 1 e clique em: <Next>
  1. Na tela de Select Disks to Convert, não iremos converter o disco em dinâmico, clique em: <Next>
  1. Na tela de Completing the Initialize and Convert Disk Wizard clique: <Finish>
  1. Após a inicialização do disco, selecione o mesmo, clique com o botão direito do mouse sobre o disco, será mostrado um menu de opções, selecione: New Partition.
  1. Na tela de Welcome to the New Partition Wizard clique em: <Next>
  1. Na tela de Select Partition Type selecione a opção: Primary partition e clique em: <Next>
  1. Na tela de Specify Partition Size digite o tamanho da partição, que no nosso exemplo iremos utilizar todo o disco, clique em: <Next>
  1. Na tela de Assign Drive Letter or Path selecione: Assign the following drive letter e selecione uma letra para unidade a sua escolha, sendo que em nosso exemplo usaremos: M e clique em: <Next>
  1. Na tela de Format Partition selecione: Format this partition with the followinf settings, em File system selecione: NTFS em Volume label digite o nome do volume, em nosso exemplo: iSCSIDisk e selecione a opção: Perform a quick format e clique em: <Next>
  1. Na tela de Completing the New Partition Wizard clique em: <Finish>
  1. Após a formatação do hard disk virtual, podemos utilizá-lo em nosso sistema.
  1. Acesse o My Computer e podemos ver nossa unidade de disco disponível para uso.

Pronto ! A unidade está criada e você já pode utilizá-la.

Ainda está em dúvida em “Como configurar ISCSI no Windows” ? Veja o link abaixo:

https://technet.microsoft.com/en-us/library/38d1fd49-e4e9-485c-b58a-4fe037cb88d0

Autor: Wladimir Mendes – Sócio Diretor da Liganet Tecnologia.

Como transferir FSMO no Windows Server?

Transferir FSMO no Windows Server

Saber transferir FSMO no Windows Server pode ajudar a resolver um dos problemas mais sérios e que deixam os administradores de rede de cabelo em pé, que é a perda do controlador de domínio principal. Conhecido como “DC” Domain Controller. Quando isso ocorre os administradores menos experientes sofrem.

Portanto resolvi criar o artigo abaixo com intuito de ajudar a transferir as FSMO roles.

Antes, porém deixe eu explicar brevemente o que significa “FSMO roles”:

No AD Active Directory o conceito de PDC/BDC não existe mais. Com isso todos os controladores de domínio passam a armazenar uma cópia do diretório que pode ser alterada (exceto no RODC do Windows Server 2008).

FSMO (Flexible Single Master Operation), dentro do FSMO existem 5 mestres de operações “Operation Master”. Duas afetam a floresta e as outras 3 o domínio. Essas regras foram criadas para controlar os conflitos que existem no modelo do AD.

Agora que já vimos um pouco do conceito. Segue abaixo os passos para a transferência:

Valide primeiro a FSMO:

  1. Abra a linha de comandos e digite o comando abaixo:
  2. NETDOM QUERY FSMO

Valide o PDC:

  1. Abra a linha de comandos e digite o comando abaixo:
  2. NETDOM QUERY PDC

Para transferir as FSMO é preciso que um controlador de domínio adicional esteja disponível na rede. Ou seja, devem existir pelo menos 2 controladores.

Seguem pontos importantes antes de transferir:

  • Veja se os controladores de domínio estão replicando normalmente;
  • Veja também se a resolução de nomes está funcionando;
  • Faça integração das zonas DNS com o AD;

Segue passo a passo para transferência da FSMO:

  1. Abra a linha de comandos;
  2. Digite NTDSUTIL e siga os passos abaixo;
  3. NTDSUTIL: roles
  4. FSMO MAINTENACE: connections
  5. SERVER CONNECTIONS: connect to server [nomeservidor]
  6. SERVER CONNECTIONS: quit
  7. FSMO MAINTENACE: transfer [fsmo]*
  8. Repita o passo 7 para todos os papéis

*  [fsmo] nome do papel a ser transferido

Ao transferir cada papel, uma tela de confirmação irá aparecer e você deverá confirmar a ação para executar.  E após finalizar as transferências de papeis é preciso valida-las.

Para isso repita os comandos utilizados no início desse artigo.

Se mesmo após ler este artigo você ainda estiver com dúvidas. Segue abaixo o KB da Microsoft para essa atividade…

https://support.microsoft.com/pt-br/kb/255504

Autor: Wladimir Mendes – Sócio Diretor da Liganet Tecnologia.

Como configurar RADIUS no Windows Server?

Como configurar RADIUS no Windows Server

Aumentar o nível de segurança da sua rede local sem fio (WLAN) não é tão complicado, mas requer cuidados fundamentais, e é isso que queremos demonstrar por meio deste passo a passo abaixo:

Segue abaixo um post de “Como configurar RADIUS no Windows Server”. Espero que vocês aproveitem!

  1. No Windows 2012, em Server Manager clique: add roles and features
  1. Deixe com a primeira opção marcada, (role-based or feature-based installation).
  2. Avance e clique em: Select a server from the server pool, e selecione o servidor ao qual você deseja que seja instalado o radius.
  1. Marque a opção Network Policy and Access Services e avance.
  1. Deixe como padrão e avance.
  1. Marque a primeira opção Network Policy Server (NPS) e avance.
  1. Marque a opção Restart the detination server automaticaly if required, clique em Yes.
  1. Clique em install.
  1. Aguarde o fim da instalação, e se necessário reinicie seu servidor.
  1. Em seguida aguarde o serviço ser apresentado na tela do server manager.

11.Clique com o botão direito do mouse servidor listado, e clique em Network Policy Server.

  1. Abrirá a tela do Network Policy Server, clique na guia Radius Clients and Servers, e com botão direito em RADIUS Clients, clique em New.
  1. Em seguida configure as seguintes informações: Friendly name (NOME AMIGAVEL), adicione o nome de seus equipamentos, em Address, adicione o ip do equipamento que está sendo adicionado ex: AP, roteador, controladoras, e por último em Shared secret, adicione uma senha que deve ser compartilhada entre o servidor e seus equipamentos de rede, e clique em ok.

Este procedimento deve ser realizado em todos os APs, de sua estrutura, ou se voce tiver uma controladora basta realizar uma vez, na própria controladora.

  1. Clique Na guia NPS (local), e no centro da tela selecione a opção RADIUS server 802.1x.
  1. Clique em Configure 802.1x
  1. Marque a primeira opção, e clique em next para avançar.
  1. Selecione o Radius Clients, conforme você configurou no passo 13 e avance.
  1. Selecione o tipo de autenticação, e avance.
  1. Adicione o grupo que você deseja que tenha acesso, (grupo de computadores ou usuários, criado no Active Directory), e avance.
  1. Deixe como padrão e avance.
  1. Avance novamente e pronto está configurado.

OBS: A chave pré compartilhada é na verdade a senha que você escolhe e configura nos seus APS, e esta deve ser a mesma configurada no servidor para que ambos tenham comunicação.

Espero que este artigo possa ter ajudado os leitores a implementar melhores práticas de segurança no seu ambiente wireless.

Em caso de dúvidas, vejam alguns links abaixo que poderão ajudar !

https://technet.microsoft.com/pt-br/library/cc731853(v=ws.11).aspx

Autor: Wladimir Mendes – Sócio Diretor da Liganet Tecnologia.